Diretor do Meio Ambiente é exonerado pela Prefeita Teresinha

Diretor do Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, Ilmo. Sr. Marcelo de Paula, foi exonerado nesta segunda-feira (19) pela Prefeita Teresinha (DEM). O ex-diretor é filiado ao REDE, partido do vice-prefeito Roberto Campos.

Nos bastidores do poder cirula a informação de que o ex-diretor teria discutido com o chefe do Poder Legislativo, o vereador Rui Nova Onda (DEM), no Pátio Centralizador de Serviços da Prefeitura Municipal de São João da Boa Vista (SP).

Segundo informações obtidas pelo jornal, durante a discussão o ex-diretor teria sido contido para que não ocorresse agressão física contra o Presidente da Câmara Municipal. Nenhum dos envolvidos confirma os fatos oficialmente.

Ouvido pela nossa reportagem o ex-diretor Marcelo de Paula disse que “não houve agressão, apenas uma discussão normal, em defesa de uma das funcionárias do seu antigo departamento”. Relatou ainda que não acredita que o fato ocorrido no pátio centralizador de serviços da Prefeitura seja o motivo da exoneração.

Nossa reportagem apurou ainda que o vice-prefeito teria atuado para tentar impedir a demissão do seu companheiro de partido, mas não conseguiu evitar, segundo a Assessoria da Prefeitura o diretor foi oficialmente exonerado.

Questionada sobre a confusão a Prefeitura enviou a seguinte nota:

Informamos que o Sr. Marcelo de Paula teve sua exoneração oficializada nesta segunda-feira, dia 19 de abril, sendo que não chegou ao nosso conhecimento qualquer ocorrência semelhante à descrita pela reportagem sendo que não há, portanto, o que se comentar neste sentido.

Não há ainda um substituto definido, segundo a Prefeitura, por hora o Diretor do Departamento de Obras e Serviços Públicos Ilmo. Sr. Charles Attias Júnior acumulará as funções dos dois departamentos.

REAÇÃO NA CÂMARA MUNICIPAL

No Poder Legislativo alguns vereadores tentaram agir em defesa do diretor, defendendo que o mesmo realizou até o momento um bom trabalho à frente da pasta, por outro lado, alguns vereadores consideraram um ato grave contra o Poder Legislativo, a suposta agressão, mesmo que verbal ao Presidente da Câmara.

Fato é que pela primeira vez, logo após a exoneração do Diretor, alguns aliados da Prefeita Teresinha, impuseram a ela uma derrota. Na última sessão ordinária desta segunda-feira (19), o vereadores da REDE, partido do vice-prefeito Roberto Campos votaram contra a prefeita, ajudando a formar maioria para derubar um veto da Prefeita, contra o Projeto do vereador Pastor Carlos (PSDB). O projeto em questão torna as atividades religiosas em serviço essencial. Vereadores ouvidos pela reportagem avaliam que o gesto foi uma resposta a exoneração.

A Prefeita tem na sua base aliada, maioria na Casa Legislativa, derubar o veto foi uma surpresa até para alguns aliados.